quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Real

Querer estar bem é realista: é o que sinto no sossego da água luzente. Admiro as cores e o espaço esclarece ser maior. Aparto-me de corrigir a emoção. A sonância promete a conquista de ápices perseverantes. Os sons calmos mas distintos acalentam o íntimo. Ideias simples de grafias livres e semelhantes, a indagação deve ser diferente. Deixar soltar a areia, esquematizar a amálgama, ou a alma de sentir a liberdade. Estar bem por habitar a cronografia de outra germinação. Tudo isto é realista.

2 comentários:

Vieira MCM disse...

Seram estas palavras um balanço emocionado?
Que o resultado seja positivo :)

Beijinho

Vieira MCM

Mafalda Monteiro disse...

Gostei.

Pesquisar neste blogue