a "certeza" em branco

cr

Na qualidade do que está certo
Acena ao mundo de coração aberto
Com firmeza no que afirma
E actua confiante, rediz e confirma
A coisa certa;
A estabilidade;
A convicção;
Sem emoção
Com a crença de que se está na posse da verdade
É a certeza, mesmo que a dúvida persista
É o caminho que prende sem que nunca insista
Desprovido de paixão
Chega onde quer querer
Consegue cativar o sufrágio directo

A mentira da certeza
Acredita quem quer
E quem quer deixa tudo igual

Quem quer procura defesa
Age com o que houver
Encontra uma certeza consensual

Comentários

Vieira MCM disse…
A emoção faz falta há certeza e há convicção, a paixão ao caminho.
A nossa verdade ou a dos outros, qual é mais verdade?
A escolha será sempre nossa, a certeza do que está, ou a incerteza da mudança.

Gostei muito do teu texto, não se fica indiferente. Continua, é sempre um prazer ler o que escreves.
Beijinho

Vieira MCM

Mensagens populares deste blogue

Insípido