Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2007

o que temos

Tudo passa
Tudo fica
Tudo se sente
E se sente esquecer
Na paz do espírito
Igual a si
Porque lhe pertence
O sabor
O calor
Dos dias
Que passam
Que ficam
Que tudo sentem
E que sentem esquecer
E mudar a paz
Para algo diferente
A paz demente
Que grita
O sabor (pouco)
O calor
Dos dias (estes) - que nos mostram um Universo à luz de quem não entende nada dele.
Nesta nossa forma sofisticada de agir, pensar e interpretar; só nossa.

árvore

Imagem
Há muito mais, para lá...

esquece

O sol desperta
Anoitece o frio, numa arável descoberta

Ao retorno do sentido
Tenta saber o que diz para ser desmentido

Com uma só idade
Que, por fim, ainda corre e confirma a verdade

Entristece o sabor
Alimento tão parco que esquece de conhecer o amor

Anoitece a estrada
Entristece a expressão calma, à procura de outra entrada

quase tudo

Um tudo nada.
Em tão pouco.
Um gostar de ver.
É tão simples.
Um querer saber.
Ser sincero
Saber olhar.
Gostar de ouvir.
E de querer.