isto é intolerância

Ele não tolerava números ímpares. Em qualquer ocasião. Não conseguia estar numa fila e perceber que era o número onze, ou o sete. Por isso, o que fazia, era esperar que chegasse o momento em que a última pessoa fosse atendida, para se pôr atrás dela: assim eram dois.
Mas logo tinha de se ir embora. Quando chegasse a sua vez, seria o número um.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Insípido